Paisagens Sonoras

Projetos de investigação
Paisagens Sonoras (2013-2015)
Projeto com investigadores da Universidade de Jaen em Espanha e do Núcleo de Educação Artística do Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade (i2ADS), Faculdade de Belas Artes, Universidade do Porto.

Criação de Paisagens Sonoros : linguagens artisticas em contextos educativos

Projeto intercultural da APECV ( 2013-2015) com escolas de Portugal; Brasil; Grécia; Espanha e Suécia. Povos e culturas diversos apresentam paisagens sonoras diferentes. Alguns músicos inspiraram-se nessas diferentes paisagens, criando nas suas composições sons que não são produzidos por instrumentos musicais, como Hermeto Pascoal e John Cage, entre outros. Na nossa proposta “Criação de Paisagens Sonoros : Hibridizando as linguagens artisticas em contextos educativos ” o som surgirá como eixo fundamental e articulador da expressão corporal e visual, dando lugar â criação de um artefacto plurisensorial que terá como um dos seus principais objetivos a construção de uma experiencia axiológica. Nas nossas paisagens sonoras, vamos-nos centrar na especificidade de cada uma das paisagens que serão usadas para aprofundar a consciência de identidade das comunidades e dos lugares que representam. Os estudantes criarão uma imagem subjetiva de un lugar específico partindo de informação prévia que lhes será enviada vía internet por outros estudantes que vivam no destino escolhido. A informação será obtida e tratada na aula através de uma metodología ativa, interdisciplinar e cooperativa, baseada em projetos e tarefas integradas. Os alunos re-criarão as partituras através da sua expresividade corporal dando lugar a performances que serão registadas através de video . Os resultados do projeto serão partilhados por todos os alunos e posteriormente discutidos na aula.

Share this post

Leave a comment

Filtered HTML

  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.

Plain text

  • Não são permitidas tags HTML.
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.