Paisagens Sonoras ( de Janeiro de 2013 a Julho de 2014)

 

Projeto Paisagens Sonoras

http://www.soundscapes.mydocumenta.com

 

O objetivo primordial  do Projeto consistia em despertar nas crianças e nos jovens potenciais de aprendizagem de si e do outro através da paisagem sonora. Pretendia-se que cada professor ou educador, com os seus alunos, se dedicasse à interpretação de paisagens sonoras realizadas em vários locais para aprofundar a consciência de identidade das comunidades e dos lugares. Tratava-se, portanto, de criar através de sons, ruídos, silêncio, imagens estáticas e em movimento, inclusive textos de variadas procedências um ambiente concreto para ser partilhado com outros estudantes em outros lugares.

Coordenadoras: Teresa Torres de Eça ( APECV/i2ADS)  e Maria Paz López-Peláez Casellas ( Universidade de Jaén) 
Participantes

Países

Locais/ Professores participantes

Idades dos alunos participantes

Espanha

http://soundscapesart.blogspot.com.es/

 

pagina no Wikispaces ,

 

Jaén:

 

Alfonso Infantes

Carmen Molina


 

Alunos de Formação de Professores de Ed. Musical

centros educativos 8-9 anos

Portugal

Maxial : Cristina

12 -13 anos

Melgaço : Rita , Rosa, Susana, Zé Manel, Isabel, Paula, Clara e Maria José

9 anos ;

11 anos e

14 anos

Lisboa: Isabel Trindade

Soundscape

14-14 anos

16-17 anos

Gaia: Fernanda Santos

3- 5 anos

Avintes - Paula Walker

3-5 anos

Viseu: Paula Soares

 

16-17 anos

Suécia

Umea: Sol Moren

3 anos

Grécia

Salonica: Maria Letsiou

16-17 anos


 


 

Brazil

Campinas: Fernanda Macahiba;

12-14 anos

S.Paulo: Rosangela Aparecida:

12-16 anos

Guarulhos: Tiago Ortaet:

12-15 anos

Diadema: Ariclaudio Francisco da Silva:

12-18 anos

Rosvita Kolb  e  Tatiana 

12-18 anos

Eliza Rebeca : Goiais

14-16 anos

 

Guião do Projeto

 

Este projeto não se limitará à parte sonora, mas também englobará desenhos feitos por alunos (grafías não convencionais dos sons que forem criados. Será una espécie de partitura musical na qual poderão entrar palavras, desenhos e até diferentes texturas, tendo em conta a sua inteligibilidade; quer dizer , poder ser interpretadas por outra pessoa que tenha acesso a elas.

Esta união do som e da imagem será posteriormente completada com movimento. Os alunos poderão por exemplo recriar as partituras através da sua expressividade corporal espontânea, dando lugar a performances que serão registadas através de vídeo. Os resultados do projeto serão partilhados por todos os alunos e posteriormente discutidos na aula.

Para orientar o processo : 

Recolha de informação sobre o seu lugar através de meios sonoros, textuais e visuais.

Envio de informação sobre o seu lugar através de meios sonoros e visuais para a pagina de cada grupo utilizando a Internet. Poderiam também incluir cartas , vídeos ou fotos de apresentação para se darem a conhecer aos outros elementos do projeto.

Criação da 1ª pagina do grupo na a Internet com o material recolhido no local ( Paisagem Local )

Criação de uma segunda página do grupo na Internet onde se vão elaborar paisagens misturadas, através do REMIX dos materiais subidos por outros grupos do projeto ( Paisagem Miscigenada)

Apreciação da(s) paisagens sonoras criadas disponíveis na Internet . Análise e discussão, (sala de aula e Blogue; videoconferência)

 

 

 

SABER MAIS:  Delgado,Alfonso Infantes; Molina,Carmen; Eça, T.T. ( Org,)(2015). Criação de Paisagens Sonoras:Hibridizando as linguagens artísticas em contextos educativos. Porto: APECV.

Share this post

Leave a comment

Filtered HTML

  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.

Plain text

  • Não são permitidas tags HTML.
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.