Arte contemporânea: uma forma de expressão experimental e multidisciplinar

Registo: CCPFC/ACC-100093/18, Nº de horas acreditadas: 15,
Modalidade: Curso de Formação, Destinado a: Educadores de Infância, Professores dos 1º e 2º Ciclo do Ensino Básico e Professores de Educação Especial

Preço Associados; 40 Euros/ Não Associados 65 Euros

Lisboa, Março 2018

Formadora: Marta Ornelas

inscricões: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSc8ZxGwbtupVy1_g0muOM7PBmV4zyQd...

 

Razões justificativas da acção e a sua inserção no plano de actividades da entidade proponente
A arte contemporânea é pouco abordada no jardim de infância e escolas do primeiro ciclo. No entanto é possível trazer
processos de arte contemporânea para este nível de ensino , Conhecer os seus materiais e técnicas e as questões que
levanta é importante para que os professores(as) e educadores(as) trabalhem a arte na escola de um modo
interdisciplinar e criativo . Este curso, de vertente prática, pretende explorar a arte contemporânea como uma forma de
expressão artística experimental e multidisciplinar, promovendo a aproximação dos professores à produção artística que
reflecte e questiona o presente.

Objectivos a atingir
- Dotar os professore s de vocabulário específico da arte contemporânea e do conhecimento da obra de diversos artistas
que permitam uma aproximação dos professores à arte contemporânea.
- Incentivar os professores à dinamização de produções artísticas contem porâneas como propostas multimodais de
construção de conhecimento.
- Explorar técnicas que possib ilitem a produção artística contemporânea como processo de aprendizagem transversal a
várias disciplinas.
- Motivar os educa dores e professores para que conduzam processos artísticos que impulsionem o pensamento crítico, ou
seja, o questionamento, possibilitando o debate e a partilha, através de uma participação colaborativa.

Conteúdos da acção
- a produção artística c ontemporânea: apresentação de conceitos da arte contemporânea e do trabalho de alguns artistas
contemporâneos, como Lourdes Castro, Maria José Aguiar, Helena Almeida, Vasco Araújo, Lucia Koch, Vik Muniz, Beatriz
Milhazes, Vanyu Krastev, Sharon Lockhart, Louise Bourgeois, Christian Marclay... (1h)
- experimentação de técnicas de produção artística contemporânea (9h)
- apresentação de resultados (2h)

Metodologias de realização da acção
Sessões teóricas (3h): a primeira de intr odução; a segunda para reflectir sobre o processo e a última para avaliar os
resultados.
Sessões pr áticas de trabalho individual e de grupo (9h): experimentação de técnicas artísticas contemporâneas com vista
à produção de uma obra artística.

Regime de avaliação dos formandos
Relatório final individual, participação e trabalhos realizados durante o curso. De acordo com o regulamento interno do
CFANAPECV do sistema de avaliação dos formandos docentes, a escala é de 1 a 10. Os parâmetros de avaliação são os
seguintes: 1) assiduidade; 2) trabalho realizado; 3) participação; 4) relatório individual.

 

Bibliografia

Oliveira, M. (2015). Arte Contemporânea para uma Pedagogia Crítica. Porto: APECV . ISBN: 978-989-99073-4-8
Disponível em https://issuu.com/apecvportugal/docs/a_arte_contempor__nea_para_uma_peda
Pantelic, K. (2016).
Saldanha, A. & Torres de Eça, T. (2016). Artes Visuais na Educação. Viseu: Edições APECV, ISBN : 978-989-99073-1-7
Disponível em http://www.apecv.pt/APECVPublications/ebook_apecv.pdf

Share this post