Não  é  só uma questão de Mulheres Quando de Trata de Fiar 

de 5 de janeiro a 10 de fevereiro  na  Quinta da Cruz, sala-1 

Curadoria: Maria Martinez Morales e Maria Isabel Moreno 

Catálogo 

Esta Mostra  inclui  uma série de tecidos  bordados de pequeno formato, acompanhados de um  breve texto em papel com o significado da intervenção realizada no tecido. As obras fazem parte de um projeto de mail art  integrado no Projeto Enredadas 2018. Este  coletivo pretende promover gestos quotidianos   como a    costura e o  bordado que tradicionalmente estavam  vinculados  à mulher, como ação  artística, prática social ou   reivindicativa. 

 

 

 REALTIME RUNTIME PEOPLE

17 de fevereiro a 23 de março, Quinta da Cruz, sala -1

Curadoria: Angela Saldanha

REALTIME RUNTIME PEOPLE é um projeto INVITRO-GERADOR com apoio do Ministério da Cultura - DGArtes. A sua operacionalização resulta de uma parceria entre a ARTECH-International, a Universidade Aberta, o Centro de Investigação em Artes e Comunicação (CIAC), a International Society for Education through Art (InSEA) e a Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual (APECV). É um projeto artístico que faz um paralelo entre duas expressões características da computação – REALTIME e RUNTIME – e a forma como a vida moderna, mediada pela tecnologia, decorre atualmente, em TEMPO REAL, cada vez mais limitado e disputado, e a CORRER entre chamadas de atenção constantes dos nossos dispositivos, por via de notificações, mensagens escritas ou através de comunicações de voz e imagem, como se as PESSOAS que se apresentam desprovidas de mediação tecnológica, perante nós, cara-a-cara, tivessem menos prioridade na nossa atenção. Procura-se apresentar este fenómeno, que ocorre com maior incidência em meios urbanos e nas camadas mais jovens da população, recorrendo à criação artística, integrando no processo criativo aquela mesma tecnologia, tornando-a mais visível, obrigando a pensar e refletir sobre ela.

Paisagens do Esquecimento

Quinta da Cruz, sala -1 e entorno da Quinta, de 24 de março a 14 de Abril

Esta exposição mostra o  resultado das residências  de María VIdagañ ;  Maja Maksimovik  e Drazán,  assim como objetos artísticos  sobre o tema Paisagens esquecidos trazidos ou enviados  pelos artistas que irão realizar a residência nómada 'O caminho das Estrelas', ação coletiva que se iniciará durante com este evento. 

 7 artistas 7 palavras 1 cidade.

Quinta da Cruz. sala -1, de 20 de abril a 23 de junho

Através de ações com coletivos a arte ativista promove o encontro entre pessoas e
entre pessoas e espaços instigando processos de questionamento, de pertença e de
colaboração.  Sete artistas foram convidados. Cada artista escolherá uma
palavra como ponto de partida para uma ação, performance ou conjunto de obras de
cariz participativo envolvendo a paisagem e pessoas da comunidade. Pretendemos
projetos artivistas e educacionais. Com este repto pretende-se explorar as
potencialidades da arte ativista em contextos de educação não formal. O conjunto das
obras propostas pelos convidados será exposto de de 20 de abril a 23 de junho na
Quinta da Cruz, sala -1 , podendo eventualmente ser vísivel ou acionado em outros
locais da cidade.

Migrações

29 de junho a 25 de julho 2019, Quinta da Cruz. sala -1

 Look, make, think!

' Welcome Stranger' (Amsterdam, the Netherlands)

27 de julho a 15 de setembro 2019, Quinta da Cruz. sala -1

' Welcome Stranger' organizes meetings of art, artists and public at special locations. In this presentation all of them look at and think about the same questions to make new thoughts or objects.

Films of artists at work in their studio asking themselves a question are shown in this exhibition. How far can I look in a landscape and what do I see? How can I show that people belong together? Then the film stops and you are able to reflect on the question. At another screen you see children thinking and exploring the same question. Paper, materials from nature and materials to draw are present so you can think and make at the same time. After that you can continue the artist’ film to see how he or she worked with the question. The films were made to make connections easily and to stimulate creativity, not only in the Netherlands but also in other countries: all united by the same questions.... looking, thinking and making.

OLHA!Interage!  Reflecte!

' Welcome Stranger'  organiza reuniões de arte, artistas e público em locais especiais. Nesta apresentação, todos olham e pensam sobre as mesmas questões para criar novos pensamentos ou objetos.

 O filme  exposto na galeria da Quinta da Cruz  como objeto despoletador de diálogos com on público foi realizado por artistas do grupo Welcomo Stranger. No filme os artistas  trabalhando nos seus estúdios  fazem  as  perguntas:   Até onde posso olhar em uma paisagem e o que vejo? Como posso mostrar que as pessoas pertencem juntas?

Então o filme pára e você é capaz de refletir sobre a questão. Em outra tela, você vê crianças pensando e explorando a mesma pergunta. Papel, materiais da natureza e materiais para desenhar estão presentes para que você possa pensar e fazer ao mesmo tempo. Depois disso, você pode continuar o filme do artista para ver como ele trabalhou com a pergunta. Os filmes foram feitos para fazer conexões facilmente e para estimular a criatividade, não só na Holanda, mas também em outros países: todos unidos pelas mesmas perguntas .... olhando, pensando e fazendo.

 

 

Cartografias da cidade

21 de setembro a 31 de dezembro de 2019